CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

O que faz um bom jornalista de moda?

Há anos o simples fato de escolhermos a roupa que iremos vestir se tornou muito mais do que algo natural ou mecânico. Tal ação reflete um pensamento, uma escolha, uma atitude, uma época. Nesta 6ª feira a Universidade Presbiteriana Mackenzie recebeu Simone Esmanhoto e Ailton Pimentel que dissertaram através da história e de pontos críticos como a ética, o que compõe um bom jornalista de moda.

Com a palavra, a jovem editora de conteúdo da revista Elle, traçou alguns pontos fundamentais da história da moda e de editoriais que publicassem conteúdo sobre o assunto. No século XIX, segundo Simone, os editoriais eram longos, quase sem imagem e hoje, isso mudou para a redução de caracteres e a preocupação com imagens que possuam legendas informativas ao entendimento e às dúvidas dos leitores. "O que não muda é a intenção: continuamos tentando mostrar o que as pessoas usam, como usam, onde usam e como essa moda reflete em sua época", afirma Simone.

No Brasil, a década de 60 foi o auge tanto da moda enquanto produção, quanto da moda pela cobertura por parte da imprensa. Abre-se um novo campo: o jornalismo de moda. Ajudando a traçar o mesmo panorama, Ailton Pimentel também concordou que tratar a moda como algo fútil faz parte do âmbito da ignorância. "Hoje é necessário de muito conteúdo para escrever uma matéria sobre tendências, estilo, da moda em si, o que não é nada fácil. Há toda uma história do porque hoje se usa este ou aquele modelo", afirma Pimentel. Segundo Simone: "Não é necessário escrever 10 mil caractéres para escrever bem. Além disso, como Ailton disse, diferente de gostar de consumir a moda, e saber dissertar sobre as técnicas usadas, é ter conteúdo; e não falar dessa moda para uma minoria. Perde a Veja quando Não sabe olhar com as lentes certas."

3 comentários:

Helena Sá disse...

Fer..amei gata.Como vc bem sabe bodiei de ir nas palestras..ja que eu q sustento agora a casa..rs

Adorei mesmo!parabens!

ate segunda.alias..me liga..rs

Bjos

Carolina Romanini disse...

Fer, que matéria sábia!!!
Mto boa pra provar ao mundo que o jornalista de moda não é fútil e trabalha como todos!
Aliás, essa palestra foi mto boa pra mostrar isso tbm!!!

Parabéns!!!

Bjão

Ketlin Brito disse...

Olá,
Sou aluna do 4° ano de Jornalismo do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp).

Estou fazendo um reportagem sobre as tendências de cabelo para o inverno.


Será que eu podia fazer uma mini entrevista com uma de vocês sobre o assunto? Por email mesmo.

Meu email é brito.ketlin@gmail.com


Desde já,

Obrigada!